Guardiões do Louvre reúne história, arte e a cultura dos mangás

23 de Maio de 2018 | Camila Costa

Muitos não sabem, mas, o Museu do Louvre, visitado anualmente por milhões de pessoas, possui uma editora própria. Através dessa editora, diversos livros e materiais abordando o seu imenso acervo histórico são lançados. Desta vez, o Louvre inovou com o lançamento de um mangá intitulado Guardiões do Louvre. A proposta é apresentar o Louvre em formato diferenciado, através de um enredo fantasioso e criativo.

O mangá foi escrito e desenhado por Jiro Taniguchi, aclamado desenhista japonês. A história começa quando um jovem artista decidir visitar Paris e conhecer o Museu do Louvre. Entretanto, no dia da sua visita, ele se sente indisposto por causa de uma febre. Ainda assim, o artista decide realizar a visita ao Museu. Lá, ele se perde nos imensos corredores do Louvre e inicia uma jornada que alterna entre alucinações febris e a realidade.

Além do enredo fantástico e didático, o mangá apresenta uma arte impressionante, com Taniguchi pensando nos mínimos detalhes. Sucesso na França e no Japão, o mangá chegou ao Brasil no mês passado, lançado pela editora Pipoca & Nanquim. Guardiões do Louvre é uma grande aquisição especialmente para os amantes de história e do universo dos mangás.

Comente e compartilhe