Playstation 5 tem especificações técnicas reveladas em apresentação

23 de Março de 2020

A próxima geração de consoles está se aproximando e nesta última quarta-feira (18/03) a Sony revelou os detalhes técnicos do seu novo console, o PlayStation 5.

A apresentação do sucessor do PlayStation 4 ocorreu durante uma transmissão online no PlayStation blog, comandada por Mark Cerny, arquiteto-chefe responsável pelo aparelho e o mesmo que foi responsável pelo PlayStation 4.

Apesar do concorrente do Xbox Series X ter tido seus detalhes de Hardware revelados, o seu preço e sua data de lançamento continuam sendo um mistério.

Sua ficha técnica chama atenção pela CPU AMD Zen 2 com 3,5 GHz, 10,28 Teraflops e SSD superrápido que, de acordo com o fabricante, pode vir a torná-lo o videogame "mais rápido do mundo"

A apresentação começou com foco nos desenvolvedores de jogos para PlayStation. De acordo com Mark Cerny, a ideia da Sony é que as produtoras fiquem confortáveis com o hardware do PlayStation 5 e que entendam o funcionamento da nova geração, assim conseguindo acessar facilmente o CPU, GPU e recursos de armazenamento (SSD) – antes de explorar as novidades do console.

O primeiro detalhe do hardware revelado é que o PlayStation 5 chega com um armazenamento SSD personalizado de 825 GB, com promessa de ser até 100 vezes mais rápido em relação ao HD de 500 GB do PlayStation 4. Sua CPU Zen 2, da AMD, oferece frequências de até 3,5 GHz. Já o processador gráfico de 10,28 Teraflops, em 2,23 GHz, indica uma capacidade de geração de poder visual menor do que o Xbox Series X, seu principal concorrente, que virá equipado com 12 TFLOPs.

Apesar disso, segundo a Sony, uma GPU menor e mais efetiva pode significar uma GPU mais ágil. A expectativa é de que o núcleo gráfico do PS5 consiga oferecer um desempenho maior do que o esperado pelo número de Teraflops, que não engloba com precisão todos os recursos da GPU. A fabricante também explicou que o novo console é capaz de processar as imagens de games com o mesmo nível de desempenho em qualquer lugar, independentemente da temperatura do ambiente, sem queda de taxas de quadros do jogo.

"O desempenho é notavelmente diferente, porque 'Teraflops' é definido como a capacidade computacional do vetor ALU. Essa é apenas uma parte da GPU. Existem muitas outras unidades – e esses outros recursos funcionam mais rapidamente quando a frequência da GPU é mais alta", afirmou Cerny durante a apresentação. "Com frequência 33% mais alta, a rasterização é 33% mais rápida, o processamento do buffer de comando é muito mais rápido, os caches L1 e L2 têm largura de banda muito maior e assim por diante ", completou.

Especificações técnicas do PlayStation 5

  • CPU: Processador AMD de 8x núcleos Zen 2 a 3.5GHz (frequência variável)
  • GPU: 10.28 teraflops (TFLOPs), 36 CUs a 2.23GHz (frequência variável)
  • Arquitetura de GPU: Custom RDNA 2
  • Memória/Interface: 16GB GDDR6/256-bit
  • Largura de banda de memória: 448GB/s
  • Armazenamento interno: Custom 825GB SSD
  • IO Throughput: 5.5GB/s (Raw), Typical 8-9GB/s (Compressed)
  • Armazenamento expansível: Slot de NVMe SSD
  • Armazenamento externo: Suporte para HDD com USB
  • Drive ótico: Drive de UHD Blu-ray 4K
  • Suporte a Ray-Tracing

Contudo, a apresentação foi totalmente focada nas especificações técnicas do novo console, sendo uma apresentação técnica para desenvolvedores. No entanto, diversos fãs esperavam que a apresentação revelasse o console, o seu controle ou novos jogos. Por conta disso, os fãs ficaram decepcionados e declararam que a apresentação foi chata, não serviu de nada para os consumidores e não cumpriu as expectativas criadas pelos anúncios da Sony feitos em suas redes sociais. Além disso, foi comentado apenas sobre a retrocompatibilidade do PlayStation 5 com os jogos do PS4 , mas nada foi falado sobre os jogos do PS1, do PS2 e do PS3.

Sendo reconhecida como mais um erro na comunicação da Sony com seus consumidores, o vídeo da apresentação no canal oficial da Sony no YouTube já conta com 114 mil Deslikes

Comente e compartilhe