"2001: Uma Odisséia no Espaço" completa 50 anos

03 de Abril de 2018 | Camila Costa

Há 50 anos, estreava nas telas de cinema uma das obras mais marcantes na história da ficção científica. “2001: Uma Odisséia no Espaço”, de Stanley Kubrick, teve um impacto gigantesco na indústria cinematográfica. Em 1968, o conhecimento de efeitos especiais e a montagem de filmes com a temática do espaço sideral eram arcaicos. Neste cenário, a proposta de Kubrick foi extremamente ambiciosa.

Entretanto, sua coragem e seu investimento valeram a pena. O filme não foi apenas um sucesso entre os jovens e os interessados no tema. “2001: Uma Odisséia no Espaço” foi indicado para quatro categorias do Oscar, maior prêmio da indústria cinematográfica mundial. Entre elas: melhor direção de arte, melhor roteiro original, melhor direção e melhores efeitos visuais (na qual foi o vencedor).

Com um orçamento de cerca de US$ 12 milhões, Kubrick conseguiu marcar uma geração. Independentemente da polêmica gerada na época e da divisão de opiniões entre a crítica especializada, a importância da obra não pode ser discutida. “2001: Uma Odisséia no Espaço” foi inspiração para inúmeros jovens diretores e principalmente para o fenômeno no qual a indústria da ficção científica veio a se tornar.

Comente e compartilhe